Administrar uma empresa requer que o gestor esteja atento para o funcionamento de diferentes áreas, e a financeira é uma delas. É importante adotar estratégias de controle para que a tomada de decisões seja realizada com base na real conjuntura de entidades.

Então, se você está a frente de um negócio, sabe que precisa buscar alternativas que possibilitem um bom controle financeiro ou que, caso já o possua, adote medidas que o mantenha em ordem, não comprometendo a qualidade das informações contidas nos relatórios dele provenientes.

Veja, a seguir, 4 dicas para manter o controle financeiro da empresa em ordem:

Separe as finanças de pessoa física e jurídica

Uma ação indispensável, mas que muitos não levam a sério, é tratar separadamente as receitas e os gastos dos sócios das movimentações da empresa. Não fazer isso poderá impactar negativamente o desenvolvimento do empreendimento, pois as informações sobre lucro ou prejuízo auferidos em um dado período carecerão de fidedignidade.

Uma dica é definir um valor de retiradas de pró-labore para cobrir os gastos que o sócio necessita. Agindo dessa maneira o sócio poderá ter um maior controle financeiro de seus gastos pessoais.

Use ferramentas que ajudam o controle financeiro

É importante verificar se as ferramentas utilizadas são as mais adequadas às necessidades do negócio. Nesse caso, é importante checar se elas permitem acompanhar as movimentações financeiras apropriadamente e se os relatórios e as informações necessárias estão sendo fornecidas.

As planilhas são uma ótima saída. Porém, em alguns casos, elas podem não atender ao tipo de relatório devido à quantidade de dados. Então, a alternativa será recorrer a um sistema de automação comercial.

Crie rotinas financeiras

É preciso criar e definir rotinas financeiras como:

  • registrar contas que devem ser pagas e recebidas;

  • consultar periodicamente os pagamentos pestes a vencer e que já venceram;

  • definir datas para emitir e analisar relatórios;

  • verificar os rumos que o negócio pretende seguir.

Tais medidas, dentre outras, também se mostram relevantes para manter o controle financeiro da empresa em ordem.

Cuide dos documentos e do arquivo

Toda documentação referente às suas atividades devem ser guardadas, e a organização pode poupar futuras dores de cabeça. Afinal de contas, necessitar de um documento e não saber onde ele está pode resultar em perda de tempo e até mesmo de um direito.

Não é raro ter que procurar um boleto para confirmar uma quitação ou uma nota fiscal para apresentar ao fisco. Dessa forma, use pastas e caixas identificadas com etiquetas, classifique e agrupe os documentos e ordene-os cronologicamente. Faça a separação sempre com a ideia de facilitar as rotinas do seu negócio em mente.

Busque implementar rotinas que garantam um bom acompanhamento e assegure que você e toda a sua equipe esteja disciplinada para cumprir com as ações implementadas. E lembre-se de que, ao se deparar com alguma situação de dúvida, é sempre possível buscar a ajuda de especialistas com experiência na área.

Você tem mais alguma sugestão para manter o controle financeiro do negócio em ordem? Então compartilhe-o conosco! Deixe um comentário neste post!