Administrar uma empresa é sempre um grande desafio. São diversas áreas que precisam de atenção, planejamento e processos para que possam funcionar em harmonia e gerar os melhores resultados para o negócio. Uma gestão empresarial eficiente é aquela preparada para superar esses desafios, propor as melhores alternativas para a empresa e solucionar os gargalos que possam interferir na produção ou prestação de serviço.

Qualquer empresa possui e precisa lidar com gargalos produtivos – é um desafio inerente à gestão empresarial. Eles podem aparecer de diferentes maneiras: matéria-prima de baixa qualidade, falta de comunicação entre vendas e setor logístico, controle de qualidade limitado, uso de tecnologia ultrapassada, entre outras possibilidades. O gestor precisa ficar atento a essas situações, diagnosticar os motivos para o gargalo e apontar soluções que promovam maior eficiência nos processos e, consequentemente, maior qualidade para o produto ou serviço.

Reunimos, neste artigo, algumas dicas para evitar gargalos na gestão empresarial. Confira!

Avalie os processos da sua empresa

Um negócio possui diversos setores e cada um deles tem um modo de operar. Se não houver comunicação e sintonia entre os departamentos é bem provável que possa acontecer algum problema. Para evitar que surja algum gargalo, é importante que o empresário ou gestor faça um diagnóstico de todos os processos empresarias – desde a compra de matéria-prima, passando pela produção e administração até a venda e pós-venda – para que possa identificar possíveis erros.

Analise seus produtos

Identificar o gargalo não é sinal de que o problema será resolvido. É importante entender a origem do problema e como ele afeta a sua empresa, pois só assim será possível encontrar a melhor solução. Uma forma de facilitar esse trabalho – e contar com outras opiniões – é envolver os seus colaboradores, principalmente aqueles que trabalham diretamente na produção, para que listem e analisem os produtos de forma a identificar possíveis gargalos e propor soluções.

Prepare um plano de ação corretiva

Quando um gargalo já foi identificado e as causas para que ele ocorra foram compreendidas, é hora de solucionar o problema. Para isso, é necessário elaborar um plano de ação, indicando as mudanças necessárias e estabelecendo um cronograma de implantação dos novos processos. É importante ter em mente que cada gargalo demanda uma atenção específica, então o plano de ação precisa levar em consideração suas especificidades.

Acompanhe os resultados

Monitorar os resultados do seu plano de ação é de grande importância para certificar-se de que os problemas foram realmente resolvidos. Além disso, acompanhar os processos evita que antigos gargalos voltem a acontecer ou que novos erros apareçam. Se dificuldades nos processos voltarem a aparecer, será necessário realizar um novo diagnóstico da sua empresa e propor novas soluções. Portanto, esteja antenado!

Conte com consultoria especializada

Monitorar processos, identificar gargalos, compreender as suas causas e elaborar um plano de ação corretiva são trabalhos complexos e essenciais para o bom andamento do negócio. Uma consultoria especializada pode dar o suporte necessário para que todo esse processo seja feito de maneira eficiente – além de oferecer um novo olhar sobre as etapas gerenciais e produtivas do negócio.

E você, como tem lidado com os gargalos que surgem na gestão empresarial? Compartilhe a sua experiência nos comentários!