Semana Global do Empreendedorismo

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

logo-sge

Empreender é algo além do previsível, do padrão, do antigo. Empreender é inovação, é o ato de pensar fora da caixa, é moderno, dinâmico e muito inteligente, capaz de melhorar as áreas da empresa, tornando ela grande e com potencial para evoluir sempre.

A Semana Global de Empreendedorismo foi criada em 2007 pelo ex-primeiro ministro britânico Gordon Brown e pelo presidente da Kauffman Foundation, na época, e Carl Schramm com o objetivo de fortalecer e disseminar a cultura empreendedora, conectando, capacitando e inspirando as pessoas a empreender, a partir do movimento.

Durante o mês de novembro, acontecem diversas atividades (de palestras a competições) com diferentes públicos e temáticas, sempre abordando o empreendedorismo de alguma maneira.

Em 2014 foram 5.811 atividades, organizadas com a ajuda de 1.154 parceiros e que envolveram quase 2 milhões de pessoas em todo o país.012

Nesse ano, a Semana Global do Empreendedorismo aconteceu entre os dias 16 e 22 de novembro e contou com várias palestras sobre o assunto.

A EJCAD, Empresa júnior de consultoria em administração da UFES, realizou no dia 17 de novembro palestras com o tema ligado a importância do empreendedorismo na universidade.

A palestra contou com a participação do Diretor de Relações Institucionais do Grupo Águia Branca e presidente do Conselho de Administração da Divisão Logística do Grupo, Luiz Wagner Chieppe, falando sobre como é empreender em família, mostrando toda a trajetória do Grupo Águia Branca.

Outra participação da palestra, foi Marcilio Riegert, um dos fundadores e CEO na Aceleradora StartYouUp, apontando sobre como é empreender com startups.

093E por último, Felipe Rigoni, é presidente do conselho da Brasil Júnior – Confederação Brasileira de empresas juniores. É também positive coach e executive coach pela sociedade brasileira de coaching. Felipe debateu com os congressistas de como empreender na sua própria vida, mostrando sua trajetória de vida.

Com o tema ligado a educação empreendedora na universidade, mostramos a necessidade de empreender com especialistas do assunto, mas uma pesquisa da Endeavor mostra melhor o perfil do empreendedor universitário e seu potencial.


 Segundo o resultado da pesquisa realizado pelo Sebrae e Endeavor, a segurança familiar foi indicada como a principal recompensa para ser alcançada na carreira dos universitários, com 50,8% dos respondentes a indicando como extremamente importante. A independência na carreira também é extremamente importante para 49,4% dos entrevistados. Eles mostram também que o interesse pela sustentabilidade socioambiental e pelo progresso econômico da sociedade é bem maior.

A maioria dos jovens que empreendem no Brasil é do sexo masculino, tem de 26 a 30 anos, possui curso superior completo, prefere abrir empresa no segmento de serviços, emprega até nove funcionários, fatura até R$ 60 mil por ano e utiliza as redes sociais como um dos principais meios de conexão com o mundo dos negócios. [Essas informações integram o resultado da pesquisa “Perfil do Jovem Empreendedor Brasileiro”, realizada pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), em parceria com a Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.]

O estudo mostrou ainda que dos potenciais jovens empreendedores, ou seja, aqueles que têm interesse em empreender, 60% são do sexo masculino, 34% possuem idade entre 21 e 25 anos, 56% têm ensino superior, que a busca da independência é o principal motivo para optarem por investir na abertura de um negócio e que a falta de dinheiro e de preparo são os principais motivos que os impedem de abrir uma empresa.

Quase um em cada quatro alunos são empreendedores, a maioria pensa em empreender e querem abrir sua empresa em até 3 anos, porém não planejam ter grandes empresas, somente 11% pretendem ter mais de 25 funcionários após 5 anos de abertura.


 Estes dados mostram que podemos ainda evoluir muito sobre a nossa educação e formação de jovens universitários que abracem o empreendedorismo e queiram realmente ser grandes, sonhem alto e sejam a mudança tão sonhada para nosso país.

ass-ana

Assine nossa Newsletter e veja todos os nossos posts:

[wysija_form id=”1″]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *